11:47Justiça não tem que se ajustar às conveniências de Vargas, diz Moro

O Antagonista

Sérgio Moro negou o pedido de André Vargas, que chegou a ser vice da Câmara pelo PT antes de ser cassado e preso pela Lava Jato, para mudar interrogatório marcado para 1º de dezembro.

A defesa de Vargas pedira outra data alegando que 1º de dezembro é uma sexta, único dia da semana em que o ex-deputado pode receber visitas da família na cadeia.

Moro respondeu que não havia base legal para o pedido e que não cabe à Justiça “ajustar-se às conveniências do acusado”.

2 ideias sobre “Justiça não tem que se ajustar às conveniências de Vargas, diz Moro

  1. Nunes

    SS é seu discursinho petista.
    Só duas perguntinhas, quem foi que engavetou o processo contra o Aécio?
    O Moro julga esse pessoal com Foro previlegiado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>