12:05JORNAL DO CÍNICO

Do Filósofo do Centro Cívico

O IBGE informa: casamentos homoafetivos aumentaram 360% depois da eleição do capitão Bolsonaro. A explicação só pode ser uma: sempre agarradinhos, o medo disso que está aí diminui.

 

5 ideias sobre “JORNAL DO CÍNICO

  1. SERGIO SILVESTRE

    O BOZO FEZ O MAIS DIFÍCIL,TRANSFORMOU O NATAL EM QUARESMA,ATÉPOR QUE COM A CARNE NAS ALTURAS,UMA ABOBRINHA RECHEADA DE BERINJELA VAI BEM.

  2. mendes

    Vamos evitar comentários precipitados e tendenciosos. Cada vez que uma personalidade, como a Camila Pitanga, a Vitória Strada… assumem o relacionamento com outra mulher, ela contribui para reduzir o receio de quem reluta em se assumir. Vale o mesmo para homens. Faz parte dos novos tempos, de mudanças, de ciclos etc. o que está ocorrendo. É muita ignorância (ou má fé!) querer creditar a Bolsonaro, Lula etc. o dom de acelerar esses movimentos individuais e da sociedade. Eles não são referência para o caso em questão. São referência em ladroagem e picaretagem (Lula) e burrice e inabilidade (Bolsonaro, que é salvo apenas por Moro e Guedes).

    É igualmente prova de ausência de bom senso comentar uma notícia como essa, incluindo comentários sobre preço da carne… Se é para IMITAR os ignorantes, então podemos dizer que o preço da carne subiu, devido a exportações… porque o governo do PT, leia-se Lula, distribuiu um monte de dinheiro do BNDES para que o Friboi e outras empresas do grupo JBS se tornasses líderes mundiais no segmento da carne… Estamos exportando carne porque temos capacidade produtiva e com qualidade e, além disso, a abertura do mercado chinês derruba qualquer mercado interno.

  3. carla

    Quem é o Sr. Sérgio Silvestre? Por que não faz a sua crítica com decência? Focando na notícia, comentando, discordando, criticando. Ninguém precisa gostar de Bolsonaro, Dilma, Lula, FHC, Sarney, Collor, Beto Richa, Requião, Ratinho, Greca, Lerner, Fruet… mas vamos agir com EDUCAÇÃO. Comportar-se educadamente é um dos pressupostos do exercício pleno da cidadania.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>