10:40Da pequena sala aos milhões das emissoras de tv

por JamurJr.

Entre um livro e outro, gosto de pensar no que vi e vivi nos meus tempos de comunicador. Às vezes umas reflexões que me fazem retornar à Difusora de Paranaguá, de onde saí para encontrar Souza Miranda e o caminho iluminado para fazer carreira no rádio e mais tarde na Televisão. Este último veiculo foi onde melhor desempenhei minhas funções. Guardo boas lembranças desde o tempo de Nagibe Chede no acanhado estúdio do Canal 12 , no Edifício Tijucas, em plena Boca Maldita, onde a televisão paranaense deu seus primeiros passos. Mais tarde veio o Canal 6-TV Paraná, pertencente a Assis Chateaubriand, na época o maior empresário do setor. Passados alguns anos, Paulo Pimentel construiu o primeiro estúdio para TV  em Curitiba no alto do Jardim Merces. Antes disso, os estúdios funcionavam em locais espremidos no Centro da cidade. A TV Paranaense, no último andar do edifício Tijucas, a TV Paraná no primeiro andar de um prédio na rua José Loureiro. Nenhum dos pioneiros conseguiu se manter no negócio. As emissoras foram sendo vendidas e mantidas no ar com muito esforço e pouca criatividade. Tudo indica que as vendas continuam. A imprensa diz que a TV-Paranaense, pioneira criação de Nagibe Chede, estaria sendo negociada na base de R$ 900 milhões. Se isso se concretizar, a emissora terá o terceiro proprietário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>