11:48Bolsonaro quase maduro

De Rogério Distéfano, no blog O Insulto Diário

DIA 15 PASSADO, no Rio Grande do Sul, Jair Bolsonaro declarou que armaria a população para evitar golpes de Estado. Os ditadores se parecem, tanto na direita quanto na esquerda. Armar a população contra golpes de Estado foi exato o que fizeram Hugo Chávez e Nicolás Maduro, na Venezuela. Quem muito se evita se convive.

Bolsonaro faria como os dois acima: armar só os que o apoiam? E sem qualquer isonomia aos que o rejeitam, armas ainda que de calibre menor. É a guerra civil, o outro lado do golpe. O que o presidente propõe é ilegalidade e loucura suficientes para seu impeachment por sugerir a milícia civil patrocinada pelo Estado.

A medida, irracional, antidemocrática, militarista, repugnante só de pensar, por si só já é golpe de Estado – antecipado e preventivo, patrocinado pelo presidente. Bolsonaro falou na presença de um silente general ministro chefe do GSI, nosso SNI da ditadura. Quem ouve calado e se omite, consente.

 

2 ideias sobre “Bolsonaro quase maduro

  1. jorge

    Repugnante foi o comentário do insulto.
    Você sabe quantos assassinatos são cometidos, todo anos, com armas ilegais? se informe antes de insultar

  2. Jorge Armado

    Graande presidente. O maior, melhor e mais genial da história. Misto de Leonardo da Vinci, com Einstein, Shakespeare e Danilo Gentile. Cada pronunciamento é um ensinamento bíblico, histórico. Go ahead, Captain Fantastic! Borduna nos comunad! Abaixo a imprensa esquerdista! Fechamento do congresso já! Censura prévia já! Vamos limpar o país, com a ajuda do ministro da justiça e da gente de bem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>