15:38Cruelo cruel

De Rogério Distéfano, no blog O Insulto Diário

Beto Richa deixou a prisão preventiva sem reclamar de “crueldade”, como na primeira preventiva. Paranaenses e curitibanos, apáticos e passivos, não reclamam da crueldade de Beto ao se associar a Ezequias Moreira desde a assembleia legislativa e a Luiz Abi Antoun desde a prefeitura.

Isso para falar dos mais votados, campeões da desfaçatez e até agora com impunidade garantida: o primeiro pela prescrição, o segundo pela facilitação de se refugiar no Líbano. Nos dois casos um pano de fundo que desmerece a Justiça.

Deputado, prefeito e governador, Beto presidiu um cruelo, um elo do mal. Diante dessa crueldade – 24 anos somados – com o povo do Paraná, a crueldade da prisão preventiva foi como duas horas na sauna com amigos, bebendo cerveja e falando de mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>