10:39Lista suja do trabalho escravo tem cinco empregadores do Paraná

Do blog do Rigon

 Secretaria de Inspeção do Trabalho, ligada ao Ministério da Economia, atualizou a relação de empregadores que tenham submetido trabalhadores a condições análogas à escravidão, mais conhecida como lista suja do trabalho escravo. São 202 nomes, sendo cinco do Paraná, entre eles uma cooperativa.

Todos os nomes que constam na lista foram autuados por trabalho análogo ao de escravo por auditores fiscais, e tiveram o direito de recorrer em duas instâncias administrativas dentro do órgão, mas perderam.
Do Paraná aparecem na relação: José Bueno Stresser & Cia. Ltda., Fazenda Lança, povoado São Pedro do Capiru, zona rural, Rio Branco do Sul; Juliano Aparecido de Carvalho, Pedreira Ponte Queimada, Linha Ponte Queimada, zona rural, Diamante d’Oeste; Nelson Luís Slaviero, Fazenda Planalto, distrito de Guaporé, zona rural, Guaraniaçu; Niciel Rosa Gomes, Pedreira Ponte Queimada, Linha Ponte Queimada, zona rural, Diamante d’Oeste; e Sabarálcool S. A. – Açúcar e Álcool, PR-486, km 96, lote rural 13 N-2, Perobal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>