12:02O CAMINHO

de Oberlan Rossetim

A alma sai, ainda é madrugada, com destino ao coração.
Vai com tudo, com quase nada.
Coisas que sou, coisas que perdi.
Ela vai mas eu não vou.
O que a gente pensa é aquilo que a alma condensa.
As mães têm uma paternidade imensa.
O que a gente sente é o que na alma já está ausente.
O que já chegou, cumpriu o caminho.
Sentimento duplo ou sozinho.
Triste, o caminho não existe.
Feliz, o sonho da alma é a raiz.

Uma ideia sobre “O CAMINHO

  1. SERGIO SILVESTRE

    Minha preocupação é não me preocupar depois que eu morrer,mas saber onde eu estava antes de nascer rsrsrsrsrsr

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>