15:42O que vem por aí

O travesti Andrielly Vogue começa a se movimentar para o início de uma campanha que pretende conseguir aposentadoria para os transexuais com idade entre 40 e 45 anos, como existe em alguns países. A justificativa é a mesma da proposta de lei apresentada na parlamento argentino: o subsídio mensal para  travestis, transexuais e transgênero se baseia no fato de que a maior parte do grupo trabalha em atividade sexual, mais vulnerável à violência e a traficantes, e também de que a expectativa de vida deles, segundo estatísticas, é de 35 a 41 anos. 

 

2 ideias sobre “O que vem por aí

  1. a verdade está lá fora

    Não entendi, pois se morre aos 41 anos o cara quer aposentadoria a partir do 45? A notícia está furada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>