14:52Fogo alto

Se o ministro Ricardo Barros, da Saúde, já estava na frigideira por causa de suas declarações polêmicas, agora o fogo aumentou. Ao afirmar que homem não vai ao médico porque trabalha mais que as mulheres, ele parece ter esquecido a velha máxima de que elas fazem três turnos de trabalho.

5 ideias sobre “Fogo alto

  1. Jorge Armado

    Ricardo Barros é um dos grandes pensadores dos tempos atuais. A prova de que a atual safra política paranaense é a melhor da história . Beto Richa, Valdir Rossoni, Professor Galdino , Ademar Traiano, Alexandre Cury, Nelson Justus, Requião Filho, Maria Victoria Borgheti Barros….é uma geração de ouro. A nossa elite política é sem duvida a mais vigorosa, promissora e honesta do Brasil. Ricardo Barros é a cereja do bolo. Candidato a personalidade do ano da revista Time. Um paranaense do qual todos devem se orgulhar.

  2. SFU

    Ao pensarmos estarmos livres de uma anta (coitada da Anta, o animal), Dilma, entra em cena outra anta, Ricardo Barros. É impressionante a meticulosidade que ele tem em escolher os momentos e as palavras que mais caracterizam o tal de neurônio solitário que, também, é característica da Roussef. Ele parece ser levado a falar da mesma forma que os burros de carga trafegavam nas ruas movimentadas, com viseiras. Assim, falta-lhe a leteralidade de pensamento. O mais grave é que, além de parlamentar congressista, é ministro de Estado, e da Saúde!

  3. marcelo santana

    Ricardo barros só fala asneiras só é ministro porque se alto indicou pelo seu partido pp para o ministério; a filha candidata a prefeito de curitiba a mulher vice governadora e falar uma bobagem dessas é no mínimo burrice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>