15:39Ele quer dindim!

Do blog Bicho Pau, do jornalista Lino Ramos

O fotógrafo Marcelo Caramori quer pedir uma indenização trabalhista e por danos morais contra o governo do Paraná. O valor do processo seria de R$ 100 mil. Ele era assessor em cargo comissionado  na Casa Civil  do Governo do Estado. E foi preso o ano passado acusado de envolvimento com uma rede de prostituição de adolescentes. Depois de solto foi preso novamente por suposta participação nos esquemas de corrupção na Receita Estadual. 

O fotógrafo reclama que não recebia horas extras, não teve férias completas, não tinha adicional noturno e usava o próprio carro nas atividades profissionais, quando gastava até R$ 2 mil do “próprio bolso”. E, além disso, o ex-assessor requer indenização por danos morais, porque se diz humilhado, aborrecido e magoado com as palavras que  o governador Beto Richa teria dirigido a ele, em um evento sobre a duplicação da PR-445. A defesa do ex-assessor diz que Caramori se encontra numa situação financeira difícil e de extrema pobreza.

2 ideias sobre “Ele quer dindim!

  1. Zé Povinho

    O fotógrafo pedófilo se esquece de que a relação de emprego com o Estado era como Cargo Comissionado, ou seja, não se rege pela CLT.

  2. Carlinhos

    Se cargo em comissão não se rege pela CLT então ele é estatutário? Mais um amigo do betinho que não conhece nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>