11:52Venha a nós

Do correspondente na Tríplice Fronteira

A APP-Sindicato reuniu seus dirigentes em Foz do Iguaçu para “deliberar” sobre a agenda de mobilização da categoria em 2016. A quem interessar, o grupo já adiantou algumas datas em que não haverá aula nos colégios estaduais: entre 15 e 17 de março, em função da mobilização pelo pagamento do piso nacional do magistério; em 29 de abril, em razão do confronto com a PM. Os sindicalistas também prometem cobrar aumento de 7,5% para os professores neste ano, independente dos 10,6% que receberam em janeiro, e mais R$ 100 milhões que o Estado deveria pagar para a categoria em promoções e progressões. Sobre a melhoria da qualidade do ensino na sala de aula não se tem notícia de qualquer compromisso da APP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *