6:47Por que não te vais?

de  José Maria Correia

Por que não te vais de mim Inverno ?
Leva tuas nuvens de sombras.
Tuas tempestades dramáticas.
De entardeceres sempre cinzas
De duras memórias e muitos pesares.
E de ventos que dobram os chorões.
E os Ciprestes nas ruas de pedras gastas
Onde entre  becos de catedrais e marquises
Dormem aos pares legiões de esquecidos
Com seus cobertores rotos aos ombros
Como mantos de  resignados  reis
Despossuídos de fortuna e  de pátria.

Por que não te vais de mim Inverno ?
E libertas a Primavera com suas cores
E pétalas de gentis sutilezas e perfumes
E deixas de calar os pássaros tão mudos
À espera em vão do Arco-Iris de desejos
Deixa-me, enfim que já não te pertence
Este calendário obscuro de enganos
É tudo que te peço em letra azul
Devolve minhas perdidas manhãs de sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>