15:24Vai dobrar!

Do Goela de Ouro

Gente da terra que acompanha de perto as concessões de rodovias acredita que a tarifa que hoje é praticada no trecho Curitiba/Palhoça da BR 376/101 tem tudo para dobrar de valor. O Ministério da Fazenda autorizou a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a avaliar os custos da concessão. Sinal de que o modelo utilizado no trecho – de manutenção – fez água. Ou seja, o governo federal duplicou a rodovia e entregou para a iniciativa privada cuidar. O problema é que a obra entregue, assim como a maioria daquelas realizadas com dinheiro do contribuinte, ficaram uma porcaria e será preciso novo investimento (privado) para consertar a coisa. “Este processo sinaliza que o modelo de concessão do governo federal tem vida curtíssima e outros trechos terão revisão tarifária em breve”, afirma um catedrático no assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>