18:40Elias Gleizer, adeus

Da Folha.com

Morre aos 81 anos no Rio o ator Elias Gleizer

O ator Elias Gleizer morreu na manhã deste sábado (16), aos 81 anos, no hospital Copa D’Or, zona sul do Rio, onde estava internado desde o dia 6 de maio.

Presente nas novelas da TV Globo desde 1984, quando estreou em “Livre para Voar”, Gleizer “desenvolveu um quadro de falência circulatória devido a uma broncopneumonia”, segundo comunicado da emissora.

Paulistano, ele nasceu em 4 de janeiro de 1934 sendo batizado como Ilicz —uma escolha dos pais de origem polonesa que ganhou versão aportuguesada.

Seu nome já era Elias Gleizer quando começou a trabalhar como ator em produções da TV Tupi a partir de 1959. Desde então, participou de mais de 50 novelas, especiais e minisséries em 56 anos de carreira.

Alternou personagens marcantes com participações sem muita visibilidade. “Nunca recusei papel, nunca. A gente fazia com tanto amor, com tanto carinho, que tudo era importante. Não tem como destacar isso ou aquilo. Hoje você era o protagonista, amanhã fazia uma ponta, uma figuração. E você fazia da mesma maneira, de tanto amor que tinha por aquilo”, disse, em entrevista ao projeto Memória Globo.

Na emissora, integrou o elenco de novelas como “Direito de Amar” (1987), de Walther Negrão e Alcides Nogueira; “Tieta” (1989), de Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares; “Explode Coração” (1995), de Gloria Perez; “Terra Nostra”, de Benedito Ruy Barbosa (1999); e “Caminho das Índias”, de Gloria Perez, premiada como um Emmy, em 2009. Seu último trabalho foi em “Boogie Oogie”, de 2014.

De acordo com a TV Globo, ainda não há informações sobre a data e local do velório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>