21:52A sobrevivência em dúvida

O petardo que caiu no colo do governador Beto Richa hoje, com direito a espaço no Jornal Nacional, parece indicar que o poço onde o tucano se enfiou não tem fim. Parece a versão provinciana do que acontece com a presidente Dilma Rousseff, com o agravante de que desde o final do ano passado o paranaense vem sendo apresentado como o exemplo ideal de que a a lama que cai em cima atirada por delatores com repercussão imediata na imprensa não é privilégio de petistas. No caso da divulgação de hoje não houve vazamento do Ministério Público, mas sim do advogado do auditor que fez delação premiada. O PSDB local divulgou uma nota que deve ter sido copiada das do PT no episódio do Petrolão – repararam? As doações para campanha foram legais e as contas aprovadas pela Justiça Eleitoral. Fez alguma diferença para se detonar o PT? Vai fazer alguma diferença no caso do governador? Não. Mesmo que tudo não passe de uma jogada, a verdade é que houve desvio na Receita Estadual de Londrina, o chefe da quadrilha era conhecido do governador e agora há esta denúncia que também vai colar em Beto Richa como as imagens da ação policial contra os manifestantes na semana passada. Do jeito que a coisa caminha, resta esperar a próxima pancada. Em Dilma, que vem apanhando há muito tempo, e no governador do Paraná. Ambos reeleitos, ambos espancados como nunca por esta série de denúncias cavernosas. Se vão sobreviver, isso só o tempo dirá.

2 ideias sobre “A sobrevivência em dúvida

  1. Andres Sottomaior Batista

    O momento é crítico, e chegou ao final; caso o Beto vá amanhã sábado na Boca Maldita corre o risco de agressão face o ódio

  2. jk

    Isso explica o motivo do estado estar quebrado, estão metendo a mão no imposto que as grandes empresas deveriam pagar, e para o funcionario publico 5%,
    E ninguém vai preso nesse estado.
    Chamem o sindico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>