7:27Presidente do PSDB condena ação policial e pede cabeças

O deputado federal Valdir Rossoni, presidente do PSDB do Paraná, soltou o verbo a respeito do que aconteceu quarta-feira passada no Centro Cívico. Criticou a ação da polícia, mandou bala no secretário da Educação, pediu mais diálogo com o sindicato dos professores, em quem deu bordoada também, e, finalmente, pediu para que o governador Beto Richa exonere os responsáveis – ou que eles peçam para sair. O texto foi publicado em sua conta no Facebook:

Minha posição pública e transparente.

Nos dias das votações que geraram confronto na praça eu estava em Brasília. Lá, tomei conhecimento dos fatos através da imprensa, com informações desencontradas. Ao voltar ao Paraná, assisti as imagens e, a partir do que vi, tirei algumas conclusões, que seguem:

1) A ação da policia foi desproporcional e desnecessária. Mas sei que se a tropa agiu daquela maneira, foi por ordem do comando. Não era o caso de se fazer uso de balas de borracha, cães, etc.
2) O secretário da Educação está fora do contexto da pasta. É um ótimo técnico, seria muito útil em outros setores do governo mas não está preparado para a área da Educação.
3) Espero que o governador, em nome dos seus eleitores e do seu partido, tome medidas imediatas para mudar o rumo da situação. Por mais que a APP-Sindicato faça o jogo do PT, o diálogo é fundamental na articulação política, preservando os princípios democráticos. Do contrário, estarão dando munição a um sindicato pelego do PT.
4) A grande maioria dos professores e dos funcionários públicos não tem informação correta do que foi aprovado. É preciso esclarecimento. Sim, houve excessos por parte do comando da Segurança. Também houve má fé por parte da APP e de pessoas estranhas, que desvirtuaram a verdadeira intenção do projeto. Somos todos paranaenses e esta situação interessa somente a quem tem olhos para os votos da próxima eleição.

Espero – e tenho certeza – que o governador, com profunda análise dos fatos, tenha clareza para tomar as medidas necessárias que restabeleçam com urgência a verdade e a tranquilidade do povo paranaense. A começar pelos responsáveis pelas atitudes desmedidas, pelos desmandos, pelos exageros. Que sejam exonerados ou que peçam para sair.

Em nome da paz, do entendimento do desenvolvimento do estado do Paraná e de seu povo.

2 ideias sobre “Presidente do PSDB condena ação policial e pede cabeças

  1. Macarrão

    E é por este tipo de comentário que a imensa maioria da população brasileira não se sente representada por partido político nenhum. Uma declaração irresponsável, populista, inverídica pior, que questiona pessoas de seu grupo de apoio! Que PSDB é de esquerda (um pouco mais moderada) que PT e os outros, é um fato….porém quando o discurso de tucanos vão de encontro com os de esquerdas, desvirtuando a realidade, e indo contra a lógica e bom senso, a coisa preocupa. E o resultado, o PT afunda o Brasil, porém o PSDB não convence o eleitorado! Um partido que poderia ter ressurgido das cinzas, mas que graças a uma parcela, deixa mais indignada eleitores necessitados de representação! Vergonhoso!

    Gostaria de saber o motivo desta gente, gostaria de saber porque com apoio da RPC querem desmilitarizar a PM, em uma campanha maciça e irresponsável! Por acaso deixaram a segurança nas mãos de políticos e bandidos? Já tiraram as armas das pessoas de bem, indo contra um direito individual de proteção, e agora querem as armas da polícia! Ai ai….teses velhas, ressuscitadas em pleno século. XXI, mas que os inteligentinhos acham o máximo!

  2. Sergio Silvestre

    A gora vai começar os aproveitadores para surfar na merda.
    O sr Rossoni e o sr Traiano se parecem são siameses gestados numa barriga hospedeira de alienígenas,não são sociais democratas,são maria vai com as outras e onde pintar a doce mel das conquistas fáceis e do conchavos lucrativos ´lá estão eles.E como disse o indefectível COBRA, se eu não comer na mão do governador ,nem no banheiro me deixam ir.É como sempre funcionou o governo Richa.uma lástima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>