7:48Ex-chefe da Receita Estadual em Londrina se entrega à polícia

Do Jornal de Londrina Ex-inspetor geral de fiscalização da Receita se entrega após 40 dias Márcio de Albuquerque Lima estava foragido; ele é considerado o líder de um esquema de corrupção investigado pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco)

O ex-inspetor-geral de fiscalização e auditor fiscal da Receita Estadual Márcio de Albuquerque Lima, que estava foragido havia 40 dias, apresentou-se ontem à tarde no 6º Distrito Policial e foi encaminhado à Penitenciária Estadual de Londrina (PEL). Ele é considerado pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) como o líder de um esquema que favorecia a sonegação fiscal em troca de propina, no caso batizado como Publicano.

A apresentação de Lima foi confirmada no começo da noite de ontem pelo advogado de defesa, Douglas Maranhão. Já Ana Paula Lima, mulher do ex-inspetor-geral, que também teve a prisão decretada, não se apresentou. “Ele entendeu que era a hora de se apresentar e seguiu o procedimento padrão”, explicou o advogado à reportagem. Lima foi companheiro do governador Beto Richa (PSDB) em corridas de automobilismo.

Dois fatores podem ter contribuído para a apresentação de Lima: hoje, ele completa 30 dias sem trabalhar na Receita Estadual e, se não aparecesse, poderia responder por um processo de abandono de emprego. Além disso, o mérito do pedido de habeas corpus dele está para ser julgado no Tribunal de Justiça (TJ) – o pedido foi negado liminarmente.

O coordenador do Gaeco de Londrina, promotor Cláudio Esteves, disse que espera “que os demais foragidos também se apresentem”. Além da mulher de Lima, encontra-se foragido o auditor fiscal Miguel Arcanjo Dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>