18:19A CBF e a ferida incurável

A CBF quer apagar os 7 a 1 da Copa do Mundo, como se o massacre e o vexame sofrido diante da Alemanha fosse algo a ser esquecido com meia dúzia de jogos da seleção brasileira disputados em várias capitais brasileiras, principalmente os das Eliminatórias para o Mundial de 2018. A CBF continua em outros mundos, porque aquela ferida jamais sairá da alma dos brasileiros que amam o futebol. A única coisa “boa” que a goleada fez foi amenizar o trauma da final de 1950 quando o Brasil perdeu a decisão da Copa do Mundo para o Uruguai dentro do Maracanã – um resultado agora considerado normal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>