21:08Requião não perdoa nem crianças!

Da Folha.com

Interrompido por visita de crianças ao Senado, Requião ironiza ida de alunos

Conhecido por suas reações agressivas, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) ficou irritado nesta segunda-feira (13) depois que seu discurso no plenário do Senado foi interrompido duas vezes para que senadores cumprimentassem crianças que visitavam a Casa.

Requião falava sobre medidas da política econômica do governo federal e reagiu após dois senadores pedirem para cumprimentar as crianças de uma escola do Distrito Federal.

“É uma visita muito mais importante que a discussão de um projeto nacional. Eu já fui interrompido duas vezes pela visita dessas crianças maravilhosas, que devem estar entendendo, em profundidade, o meu pronunciamento na tribuna”, ironizou o peemedebista.

A reação ocorreu depois que o senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que presidia a sessão plenária, interrompeu seu discurso para saudar as crianças. Antes, a senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) também tinha pedido licença ao senador para elogiar a visita da escola ao Senado.

“Senador Requião, não queria interromper um texto tão brilhante, mas, como essas crianças que lotam a galeria estão prestando atenção, não poderia deixar de mencionar a professora e todas as crianças que estão visitando aqui”, disse Ana Amélia.

“Imagine, presidente, o que esta política do Joaquim Levy [ministro da Fazenda] pretende fazer com elas”, ironizou o senador.

A reação de Requião causou mal estar entre os poucos senadores presentes à esvaziada sessão desta segunda, dedicada apenas a discursos dos congressistas –e também entre os estudantes. As crianças são de uma instituição de ensino público da cidade satélite de Gama, próxima do Distrito Federal.

Pelas regras do Senado, os discursos devem ter duração de cinco minutos, mas nos dias em que há poucos presentes, o tempo é livre para os oradores na tribuna. Requião falou por cerca de meia hora para um plenário vazio.

POLÊMICAS

Não é a primeira vez que o peemedebista se envolve em polêmicas no Senado. Em 2011, Requião arrancou o gravador das mãos de um repórter após ser questionado se abriria mão de sua aposentadoria como ex-governador do Paraná.

Na época, o senador disse que reagiu porque a pergunta tinha sido agressiva. O Senado chegou a instaurar procedimento para investigar a conduta do parlamentar, mas arquivou o caso.

Em 2013, Requião e a ex-senadora Kátia Abreu trocaram farpas após o peemedebista criticar proposta da atual ministra da Agricultura que obrigava os governadores a cumprirem ordens judiciais de reintegração de posse. Requião acusou a senadora de agir com “histeria”. Kátia Abreu reagiu e disse que o senador se achava “dono da verdade”.

6 ideias sobre “Requião não perdoa nem crianças!

  1. Professor Xavier

    O ilustre senador não gostou nada da intromissão das crianças, elas o fizeram parar de discursar duas vezes, tal odiosa intromissão levou-o a se desconcentrar, o que foi por ele tomado como um acinte, um desrespeito para com um nobre senador da República. O presidente da Casa que fique avisado, quando estiver o ilustre e nobre senador pelo Paraná discursando, que seja proibida a entrada de visitantes ao plenário deste augusto Senado. E tenho dito.

  2. carlao

    vai pra casa requiao…seu conhecimento é parco, sua inteligencia menor, e sua vida mesquinha! e é invejoso!!

  3. ferreira

    É seu costume dar broncas, lembram da sua escolinha no Oscar Niemayer, agora e no Esplanada.

  4. Araldo.

    Quem dera se fosse nosso governador ainda. O Governo do Estado não estaria essa merda… Concordo com o Requião. Intervenção inconveniente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>