11:41Para esquecer!

No Tribunal de Contas do Paraná a lambança da licitação de R$ 38 milhões para construção do prédio anexo, que resultou naquela operação do Gaeco e na prisão de um funcionário do andar de cima da Corte, com ele carregando R$ 200 mil -e dentro da construtora que venceu a concorrência, é algo a ser cada vez mais enterrado e esquecido. Palavra de quem agora manda. Portanto, assim como a maquete desapareceu durante o triste episódio, agora implodiram o projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>