7:43A terceira bomba

Foi só o prefeito Gustavo Fruet confidenciar que a pesquisa que interessa é a das urnas, e o jornal Gazeta do Povo soltou a terceira bomba em cima dele. O levantamento encomendado à Paraná Pesquisa sobre a disputa para a prefeitura de Curitiba em 2018 aponta Ratinho Jr. (PSC) em primeiro lugar com 38% das intenções de voto, Fruet com 17% e o ex-prefeito Luciano Ducci (PSB) com 10%. Confiram:

Com 38%, Ratinho Jr. lidera pesquisa para a prefeitura de Curitiba em 2016

Fruet tem 17% das intenções de voto e Ducci, 10%. Num cenário sem o político do PSC, o prefeito estaria à frente de Ducci por 25% a 17%

Publicado em 06/01/2015 | CHICO MARÉS

Após votação recorde para deputado estadual, Ratinho Jr. (PSC) aparece como principal adversário do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), para a eleição municipal de 2016. Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, encomendado pela Gazeta do Povo, mostra que o atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano teria 38% das intenções de voto caso desejasse participar da eleição – contra apenas 17% do atual prefeito.

INFOGRÁFICO: Veja a intenção de voto para a prefeitura de Curitiba

O ex-prefeito Luciano Ducci (PSB) aparece em terceiro, com 10% da preferência do eleitorado – em empate técnico com Requião Filho (PMDB), Fernando Francischini (SD) e Ney Leprevost (PSD). Sem Ratinho no páreo, Fruet aparece na liderança, com 25%. Nesse cenário, Ducci teria 17%.

Na pesquisa espontânea, quando o eleitor diz em quem votaria sem ser estimulado pelo pesquisador, 85% dos eleitores de Curitiba não souberam responder qual candidato escolheriam. Fruet ficou com 5% e Ratinho com 4%.

Reaproximação

Apesar de a eleição ser somente no segundo semestre do ano que vem, a pesquisa mostra que as recentes tentativas de aproximação entre Fruet e Ratinho podem ser benéficas para o atual prefeito. Em dezembro, Fruet apoiou um correligionário de Ratinho, Ailton Araújo (PSC), para a presidência da Câmara Municipal. Ter o secretário ao seu lado pode ser um fator decisivo na eleição. Neste momento, Ratinho não só aparece melhor colocado que o pedetista como supera a própria votação no primeiro turno de 2012, quando fez 34% dos votos – e chega perto dos 39% que fez no segundo turno.

Para o diretor do Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, Ratinho tem mais chances hoje do que teve em 2012. “A pesquisa é clara em mostrar que ele é o principal adversário. O Fruet, na primeira eleição que disputou, não tinha rejeição. A prefeitura trouxe rejeição. Então, vejo que o Ratinho teria mais chance do que na vez passada”, afirma.

Ainda que esteja na liderança da corrida, é difícil saber se Ratinho terá interesse em disputar as eleições municipais. Ele não esconde que seu maior desejo é ocupar o Palácio Iguaçu e pode preferir tentar disputar a sucessão de Beto Richa (PSDB) em 2018.

Mesmo sem Ratinho no páreo, a reeleição de Fruet está longe de ser tranquila. Em um cenário sem o candidato do PSC, ele teria 25% dos votos contra 17% de Ducci. Para Hidalgo, o ex-prefeito deve representar uma espécie de “anti-Gustavo” e buscar o voto dos eleitores insatisfeitos com a atual gestão. Além disso, há outros pré-candidatos que aparecem com potencial para, no mínimo, levar a disputa para o segundo turno, como Fernando Francischini e Requião Filho.

Para o diretor do Paraná Pesquisas, ainda é cedo demais para qualquer prognóstico. Para ele, o cenário pode mudar ao longo dos próximos dois anos. Além disso, Hidalgo diz que é preciso considerar a influência da máquina pública. Ao contrário da eleição passada, quando era da oposição, Fruet terá a máquina da prefeitura a seu comando. Até o momento, ela trouxe mais rejeição do que apoio. Entretanto, isso pode mudar.

Metodologia

A pesquisa foi realizada entre os dias 1.º e 4 de dezembro de 2014, com 816 eleitores. A margem de erro é de 3,5 pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>