17:06Fruet e Gleisi vão ao Ministério da Saúde por mais verbas do SUS e solução no Evangélico

Da assessoria de imprensa da senadora Gleisi Hoffmann

Gleisi participa de audiência com ministro da Saúde para tratar de recursos para Curitiba

A senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR) participou hoje (30/12) de audiência com o ministro da Saúde Arthur Chioro para discutir a ampliação dos repasses do Sistema Único de Saúde (SUS) para Curitiba, e alternativas de gestão para o Hospital Universitário Evangélico.

Gleisi foi acompanhada do prefeito de Curitiba Gustavo Fruet, do secretário de Saúde Adriano Massuda e do interventor Fabrício Cascardo Hito, nomeado pela Justiça do Trabalho para cuidar dos assuntos do Hospital Evangélico.

“Nesta gestão, a saúde em Curitiba melhorou em diversos aspectos. Vários programas do Governo Federal foram implantados e estão trazendo resultados para a população, como os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) atendendo 24 horas, o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde até às 22 horas e as ações do Programa ‘Crack, é possível vencer’ ”, comentou a senadora. “Mas, para manter e ampliar o atendimento, é necessário o aumento de repasse do Sistema Único da Saúde (SUS) para a cidade, reconhecendo a importância do serviço prestado e equacionando a questão financeira”, ressaltou.

Segundo o secretário de saúde Adriano Massuda, várias metas foram superadas, como a redução da mortalidade infantil de 8,8 para 7,8 (a cada mil nascidos vivos) e o resultado do bom atendimento é sentido na Ouvidoria da Prefeitura. “As reclamações caíram 15% e os elogios cresceram 50%”, comemora Massuda.

Para o ministro da Saúde Arthur Chioro, “nesta gestão a secretaria de saúde de Curitiba está sendo usada como referência do Ministério para outros municípios, pelo trabalho e pelo compromisso dos gestores em melhorar os serviços para a população”.

Além do aumento de repasses do SUS para Curitiba, na audiência também foram tratados temas sobre o Hospital Evangélico, que está sob intervenção judicial desde o último dia 17. O ministro ressaltou a importância de profissionalizar a gestão do hospital, e colocou o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proad) à disposição para que, através de convênio com outras instituições, o Evangélico possa ter apoio técnico e gerencial.

 

Chioro também comprometeu-se em agilizar a adesão do Hospital ao Programa de Fortalecimento das Entidades Filantrópicas (Prosus) para que a entidade consiga a Certidão Negativa de Débitos (CND) e possa liberar empréstimo junto ao BNDES.

No início deste mês, a Caixa Econômica Federal liberou R$ 6 milhões para o Evangélico para auxiliar a instituição. A senadora Gleisi tem acompanhado o caso do Hospital e auxiliado nas liberações. 

3 ideias sobre “Fruet e Gleisi vão ao Ministério da Saúde por mais verbas do SUS e solução no Evangélico

  1. Giovani

    Em síntese conclusiva: a Gleisi não conseguiu nada para a área da saúde de Curitiba além de ouvir que nosso município é modelo(por esforço dos bravos funcionários) …de concreto nada! Só blá blá blá…volta pra casa Gleisi . Guga , volta para a câmara federal, pra prefeito vc não serve, o que é uma pena …

  2. Professor Xavier

    A dupla nunca-fiz-nada-pelo-Paraná-e-pelos-paranaenses e o Guga-não-faz-nada se deram as mãos, como adredemente já é sabido não vai conseguir nada. Quando ministra a princesinha por nós nada fez, e o prefeito é ótimo em reclamar, reclama até da inação dele próprio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>