18:52Matar um poeta

de Nelson Padrella

Quando um poeta morre uma estrela se perde no infinito

uma lâmpada se apaga

o caminho fica mais escuro.

Quando você mata um poeta

o mundo fica mais pobre

você fica mais miserável

e o sangue do poeta nas tuas mãos

manchará para sempre teu caminhar.

Morto, o poeta não se transforma em flor

ou em qualquer dessas formas passageiras

ele será sempre a luz que assombra

a voz que cala na tua consciência.

Você pode matar um poeta. A Poesia não morre.

 

Uma ideia sobre “Matar um poeta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>