12:25A defesa

No Palácio Iguaçu o futuro secretário estadual da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, tem repetido a quem quiser ouvir que já conhece de trás para a frente as reações de políticos e empresários às medidas que adota. Diz que primeiro o primeiro passo é tentar desestabilizá-lo com todo tipo de comentário e notícias contra ele e sua postura mais dura com os contribuintes. Vencida a primeira etapa, tentam cooptá-lo. A última fase é de resiliência, quando os críticos se rendem aos fatos e admitem a necessidade de boa convivência. “Não tenho medo de enfrentamentos”, afirma. O doutor só esqueceu um detalhe nessa defesa prévia: a ninguenzada que vai pagar a conta das chibatadas. 

3 ideias sobre “A defesa

  1. KHALIL ABI

    O Secretário itinerante mais parece técnico de futebol.

    PETULANTE AO EXTREMO.

    Quem começa o governo com aumento de impostos para pagaras mordomias dos governantes de plantão , ACABA MAL. Quem diz isso é a história econômica. VAMOS CONFERIR.

  2. deputado

    O garoto que nunca teve carteira de trabaho assinada na vida,com suas contas bancadas pelo pai e mulher,chama agora alguen que governe.Esse pacote vai tirar emprego de muita gente.levar empresas para a sonegação, estimular a economia informal e,por ultimo,aumentar a corrupção da maquina fiscalizadora.
    O que isso importa para quem nunca ttabalhou na vida?

  3. Zangado

    A ninguenzada é sempre o bode expiatório dos governadores incompetentes ou no caso inapetentes para governar. Mancomunados com sua base de politicagem do outro lado da praça da Salete fazem, depois de eleitos, o que bem entendem. Mentiram, mentem e mentirão até o próximo pleito quando aparecerão vestidos de vestais para mais uma enganação geral. O povaréu, no entanto, ama de paixão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>