8:13Assessor cabeça

Do analista do Planalto

 

Nas duas vezes em que veio a público dar explicações (de pé quebrado) sobre a gastança que foi a escala portuguesa (R$ 71 mil para hospedar a comitiva gigante durante uma noite em hotéis de luxo), na viagem que fez entre a Suíça e Cuba, Dilma Rousseff teve ao seu lado a chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Helena Chagas, concordando vigorosamente, com movimentos da cabeça, com as declarações da “presidenta”. Aparentemente os gênios do Palácio do Planalto concluíram que um subalterno fazendo esse tipo de mise-en-scène, aumentam a credibilidade do que é dito pela autoridade. O efeito é inverso. O fato de um presidente precisar desse tipo de “bengala” patética só reforça a impressão de uma história muito mal contada.

4 ideias sobre “Assessor cabeça

  1. Pimpão

    É bem mais simples e comum do que parece, caro analista. Isso acontece quando vc comissiona uma pessoa sem qualquer aptidão para o cargo, com a falta de talento e preparo para a função, some o deslumbre que a convivência com os que se parasitam do poder fornece às mentes (e caráter) mais fracos…pronto…como essa ridícula senhora à que se referiu ( a comissionada, não o poste).

    PS: A ridícula fez o mesmo na entrevista, do dia anterior, do Ministro das (obscenas) Relações Exteriores.

  2. antonio carlos

    O comportamento da companheira não difere nem um milímetro do comportamento da maioria dos governantes dos países do Terceiro Mundo, sempre cercados de séquitos enormes, e sempre se hospedado nababescamente. E isto depois da passada companheira lá pelo fórum de Davos. Assim fica difícil convencer algum investidor a investir em Pindorama.

  3. pedro

    A mensagem da cabeça confirmativa da aspone é direcionada para os milhões de brasileiros que não sabem fazer b + a = ba.

  4. Z.

    Se o mesmo tipo de explicação fosse pedido a outros governos de estados e a prefeituras de capitais, caminharíamos céleres para o fim dos gastos desvairados com o dinheiro público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>