20:53Justiça libera 17 torcedores do Atlético e Vasco

Do jeito que veio:

 

A juíza substituta Luciana Malgrain, da 1ª Vara Criminal de Joinville, revogou, nesta segunda-feira(20), a prisão preventiva de 17 torcedores de Atlético-PR e Vasco envolvidos na confusão durante a última rodada do Brasileiro, em dezembro.

 

Foram liberados Agnaldo Reis, Daniel Gomes, Diony Milleo, Gabriel Ziemer, Guilherme Bundim, Jorge Luis Junior, Juliano Borghetti, Luiz Pereira, Leonardo Borges, Marcio Pondelek, Phillipe Sampaio, Rafael Marçal, Rodrigo da Silva, Salatiel Lima, Thiago Salvadori, Thiago Weber e Willian da Silva.

 

Segundo a magistrada, a liberação dos torcedores não colocará em risco a coletividade ou a ordem pública. O Ministério Público do Estado de Santa Catarina concordou com a revogação das prisões temporárias.

 

 

“Assim, se o próprio autor da denúncia, titular da ação pena, entende que a manutenção da segregação dos acusados suso mencionados não é mais conveniente para a instrução penal, inarredável a conclusão de que a prisão não mais se justifica por esse fundamento”, afirma a juíza na decisão.

 

Os torcedores liberados deverão se apresentar na delegacia duas horas antes do jogos dos times e permanecer no local nas duas horas seguintes à partida. Também não poderão se ausentar das suas cidades por mais de oito dias sem autorização judicial e deverão manter os endereços atualizados.

 

A decisão da Justiça catarinense manteve a prisão de quatro torcedores: Thyago Oliveira, Stevam da Silva, Ricardo Henk e Robson Moreira da Cruz.

 

2 ideias sobre “Justiça libera 17 torcedores do Atlético e Vasco

  1. HULK

    No Brasil é assim, o pessoal pinta e borda, mata e atropela e passam alguns dias estão livres para praticar os crimes mais abjetos. Esses vagabundos se estivessem num país sério pegariam até 10 anos de cana, como estão no Brasil…

  2. Pelo Bessa

    Soube pelo Reinaldo Bessa que a deputada federal Cida Borghetti acampou em Joinville para tentar liberar seu irmãozinho de 42 anos e que foi preso pela baderna lá. É o ex vereador Juliano Borghetti, um exemplo de homem público e pai de família, marido também da Deputada Italiana Renata Bueno, aquela que lutava para colocar para fora esta gentalha da política.
    Um bom exemplo seria por para fora a gentalha da torcida futebolística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>