18:07Naquele tempo…

O Gaeco deu uma geral em delegacias, prendeu dois delegados, etc. Faz lembrar um episódio ocorrido há alguns anos aqui mesmo em Curitiba e na mesma Delegacia de Furtos de Veículos. O procurador da PIC entrou, escrachou até a venda de veículos roubados no pátio da delegacia e… sua casa foi metralhada tempos depois, em forma de aviso. Foi o mesmo procurador que, tempos depois, entrevistado pelo signatário, informou que a maioria das investigações que se fazia a respeito de tráfico de drogas parava na porta da Assembleia Legislativa do Paraná. Também disse que as prisões de pretensos chefes do comércio de drogas, inclusive policiais, se resumia na turma que estava longe do andar de cima do tráfico. Os barões jamais são incomodados, resumiu. Pois é…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>