13:52Depois de três meses de silêncio…

Quem acabou de ver o Globo Esporte achou que estava diante de uma miragem. O técnico Ricardo Drubscky, do Clube Atlético Paranaense, foi entrevistado ao vivo pela repórter Nádia Mauad dentro do CT do Caju. Durante três meses nenhum repórter entrou ali e nenhum jogador ou integrante da comissão técnica do clube deu entrevista para a imprensa, seguindo determinação da atual diretoria. Ainda não se sabe se o que ocorreu hoje foi uma exceção ou se, para a Copa do Brasil, o trabalho dos repórteres será liberado, pois no site oficial do clube não há informação a respeito. De qualquer forma, há esperança!

5 ideias sobre “Depois de três meses de silêncio…

  1. À força

    A CBF obriga que os clubes que participam de seus torneios (como Copa do Brasil e Brasileirão) concedam entrevistas. O silêncio petragliano vai durar só até o fim do Estadual, que já está aí.

  2. Luiz Andrade

    Segundo um colunista da Gazeta do Povo o clube já havia comunicado que para Copa do Brasil e Brasileirão, jornalistas das emissoras que detém direitos de transmissão (Globo, Sportv, Band, ESPN e Fox Sports) poderiam realizar entrevistas normalmente. Então provavelmente a Nadja realizou a matéria para, a pedido, em nome da Globo nacional e não da sua afiliada no estado.

  3. Jeremias, o bom

    A imprensa, se tivesse um mínimo de dignidade, não entrevistaria ninguém do time do petralha…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>