17:01Bancada do Paraná teme futuro dos terminais líquidos nos portos privatizados

Da coluna do jornalista Felipe Patury, na revista Época

A ausência de regras para o funcionamento dos terminais líquidos nos portos a serem concedidos pelo governo, como prevê a Medida Provisória 595 que está em discussão no Congresso, é a maior preocupação da bancada de deputados do Paraná que se reúne nesta tarde para debater o tema. Editada pelo governo, a MP não prevê qual o destino dos terminais que já operam manipulando combustíveis. Os parlamentares do Paraná querem incluir no texto final das regras para as concessões dos portos os critérios que definam o poder dos novos concessionários no caso dos terminais de produtos líquidos que existem em 11 portos do País. Um dos receios é a majoração de tarifas a serem cobradas pelos novos concessionários. O Paraná tem o segundo maior porto do Brasil, o de Paranaguá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>