13:04A morte do general

Do correspondente na Tríplice Fronteira:

A morte do general Lino Oviedo num acidente com o helicóptero que o transportava de Concepcion, no Chaco paraguaio, à Assunção, já desperta suspeitas. Líderes do Unace, partido que ele liderava, disseram ao jornal ABC Color, que “a máfia age assim. Te envia uma mensagem.Lino Oviedo estava muito bem posicionado, e agora acontece isso”, disse Cesar Durand. Oviedo perseguia a presidência do Paraguai desde que deixou o comando da Cavalaria do Exército paraguaio no início da década de 90. O baixinho (media 1m65) era persistente e os colorados e os liberais sabiam que ele era um estorvo perigoso aos dois clãs que dominam a política naquele país. A proximidade das eleições ainda neste ano o colocava com altos índices de aprovação. Com seu jeitão de trator, Lino Oviedo, se eleito, certamente ia detonar o vespeiro. Melhor o zangão fora de combate.

2 ideias sobre “A morte do general

  1. fano poli

    foi com muita tristesa que vi hoje a notícia do falecimento do Gal. Lino Oviedo – lider politico do Paraguai e com grande número de amigos no Brasil para onde sempre vinha para consultas médicas e discutir politica com nossos líderes. Era dedicado às causas paraguaias e do mercosul, casado com uma esposa maravilhosa, que estava sempre ao seu lado; tinha grandes chances de finalmente governar o país vizinho, e mantinha-se sempre em forma praticando esportes como volei e equitação. Foi uma grande perda para a America do Sul e lamento que não conseguiu concretisar seus sonhos; vai fazer muita falta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>