8:09Efeito retardado

A muvuca em torno das ações trabalhistas movidas contra a Celepar durante o governo de Roberto Requião ainda está longe do fim. Quem teve acesso à montanha de processos que, em sua maioria, terminaram em derrota da empresa na Justiça, com consequente sangria nos cofres, desconfia que houve uma mistura de coincidência com conivência – e isso pode gerar explosão de bomba de efeito retardado. A conferir.

Uma ideia sobre “Efeito retardado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>