9:16O retorno de Gleisi e o pedido do PMDB

Do jornalista Ilmar Franco, no jornal O Globo:

PMDB quer cargo numa estatal

Reunião ontem com o vice-presidente Michel temer tratou da volta de Gleisi Hoffmann para sua vaga ao Senado. O suplente, Sérgio Souza (PMDB), preocupado com a perda do mandato, pediu um cargo. Não para ele. Disse que ficava satisfeito se o ex-governador Orlando Pessuti (PR), a quem é ligado, fosse nomeado para diretor de alguma estatal na área de tecnologia.

3 ideias sobre “O retorno de Gleisi e o pedido do PMDB

  1. Marta Suplicio

    Mas era excelente gestora em Londrina (ui!), Mato Grosso do Sul (ui de novo!), Itaipu Binacional (Ui, ui, ui!) e agora como Senadora e ex candidata a prefeita.
    Foi-se a aura de boa gestora, incompetente em ser a DILMA da DILMA, virou-se uma Marta Suplicio do Paraná, como este casal paulista…

  2. Não seria a esperteza?

    http://www.gazetadopovo.com.br/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=1301183&tit=Com-um-amigo-
    desses Osmar Dias (PDT) ficou magoadíssimo após a eleição de 2010. Depois de ter sido crítico do PT por muitos anos, havia aceitado se coligar com os petistas e com o PMDB de Roberto Requião (outro ex-adversário) para disputar o governo do estado. Perdeu para Beto Richa (PSDB) e saiu dizendo a quem quisesse ouvir que os partidos aliados não tinham feito o esforço necessário na sua campanha. Mas, vamos aos fatos. Lula participou da campanha? Não. A vice de Fruet, Mirian Gonçalves, esteve com Lula esses dias e gravou com ele um vídeo de sete minutos, mas sobre o escritório de advocacia dela. Nem uma palavra pedindo voto para Fruet. Dilma? No desespero para mostrar a presidente na campanha, já que ela não gravou um “a” sobre Fruet, o marqueteiro chegou a usar o vídeo dela em cadeia nacional anunciando diminuição da tarifa de energia. No entanto, parafraseando uma expressão que o próprio Fruet gosta de usar, o petismo paranaense corre o risco de ter criado uma esperteza tão grande que acabará comendo o esperto. Pode ficar com fama de caloteiro. Entra na parceria, promete apoio e depois desaparece. Osmar foi a vítima número um. Fruet parece estar sendo o segundo. Haverá terceiro? Quem a partir daqui vai ter vontade de se coligar com os petistas?

  3. Não seria a esperteza?

    http://www.josepedriali.blogspot.com.br/2012/09/o-dilema-de-gleisi.html

    Pois sua participação no Senado se caracterizou por dois projetos – um louvável, outro abjeto – e por comentários disparatados, que a fizeram merecedora do apelido Gleisi Magda Hoffmann. (O louvável, apesar da finalidade propagandística subjacente, foi a extinção dos 13º e 14º salários dos senadores. O abjeto foi o projeto de lei que aumentou o valor da tarifa de eletricidade gerada por Itaipu e vendida pelo Paraguai ao Brasil.) Na Casa Civil, Dilma a anula. No Senado, quem haverá de comprometer suas pretensões eleitorais é ela mesma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>