10:51Invasão de intimidade

Do analista dos Planaltos:

O deputado José Guimarães Nobre (PT-CE), irmão de José Genoino, diz  em um vídeo que o partido irá propor a regulamentação dos meios de Comunicação após as eleições. “Queiram ou não”, avisou Guimarães, que afirmou existir uma ação orquestrada da imprensa contra o PT e o ex-presidente Lula. O vídeo é uma resposta à reportagem da revista Veja de duas semanas atrás, aquela que, a partir de uma entrevista de Marcos Valério, acusou o ex-presidente Lula de liderar o mensalão e de montar uma caixa de R$ 350 milhões. José Guimarães Nobre parece ter se inspirado na presidente argentina Cristina Kirchner e suas ações contra o grupo Clarín. José Guimarães poderia aproveitar as acusações sobre as intenções golpistas da mídia e acusar a imprensa brasileira de ‘invasão de intimidade’. Foi um assessor dele que foi apanhado em 2005 com R$ 209 mil em uma maleta e US$ 100 mil mocados na cueca.

7 ideias sobre “Invasão de intimidade

  1. José marinho

    O fato que um mensaleiro, com a cueca cheia de dólares, tenha a cara de pau de vir ameaçar a imprensa com “controles populares” dá bem a medida do nível a que chegou o PT e seus sequazes. Lastimo que o Gustavo Fruet, em quem já votei, tenha se associado a esse bando de safados. O destino do Gustavo, lamento dizer, vai ser o mesmo do Greca. Vai virar um morto vivo político.

  2. Nóia Bacamarte

    A Vá catar coquinhos em outro coqueiro. Vocês do PT pensam que o povo é burro. Esse cara não é um dos destranbelhados que guardava grana na cueca.

  3. Peixotinho

    Um dia destes reclamei do senador Requião. Naquela dada circunstância, chamei-o de “desnorteado”, agora, diante desse pronunciamento, invejáve, tocante, e, por sinal, imprecindível, declaro o inverso, e o parabenizo. Não por defender o Lula. Este, se necessário, o povo nas ruas o há de vigorosamente defender. Mas, sim, por defender a democracia; defender o Brasil contra a ameaça de rompimento da ordem institucional. Digo isso, sobressaltado, pois a meu ver o estado de fato, o estado de exceção, o anti-estado democrático de direito, já ensaia mostrar – de novo – a sua horrorosa face. Paraguaização do Brasil, não!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>