11:13Ministério Público do Paraná pede indenização à Sanepar por dano ao meio ambiente

O Ministério Público do Paraná informa:

Promotoria aciona Sanepar e pede indenização por dano ao meio ambiente

A Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente ajuizou ação civil pública de indenização por dano ao meio ambiente contra a Empresa Paranaense de Saneamento (Sanepar). Na liminar, o Ministério Público do Paraná requer que a Justiça determine à companhia de saneamento a descontaminação da água do Rio Iguaçu, além de fazer a reestruturação da ETE Padilha do Sul, em Curitiba.

Na ação, assinada pelo promotor de Justiça Sérgio Luiz Cordoni, o MP-PR pede “que seja determinada à Sanepar a obrigação de fazer, consistente em ajustar, no prazo máximo de 60 (sessenta dias) contado da citação/intimação, o tratamento de efluentes na Estação Padilha do Sul, no Município de Curitiba”, sob pena do pagamento de uma multa diária a ser arbitrado pela Justiça.

De acordo com informações de Promotoria, o Instituto Ambiental do Paraná enviou ao MP-PR, em 2004, cópia de autos de Infração Ambiental em desfavor da Sanepar, que estaria lançando, através da Estação de Tratamento de Efluentes Padilha do Sul, efluentes líquidos no Iguaçu (corpos receptores) fora dos parâmetros legais estabelecidos pelo órgão ambiental do Estado. A ETE localiza-se na Rua Pedrinha A. Costa. Além da poluição, a empresa cobraria indevidamente taxas da população.

A ação tramita desde 2010 e aguarda decisão junto à Vara de Fazenda Pública na Capital.

4 ideias sobre “Ministério Público do Paraná pede indenização à Sanepar por dano ao meio ambiente

  1. Delcio

    Pq a sanepar nao fala a verdade?? Ligações irregulares na rede de esgoto que a propria população faz, exemplo: agua da chuva na rede de esgoto. O que acontece ?? Quando tem chuva, a tubulação do esgoto não suporta a vazão, e para não estourar com tudo, tem que liberar a “merda” sem tratamento. Se tem merda sendo jogada fora pq eles querem regularizar, deve ter sim. O problema é falta de fiscalização nas casas para a ligação ser correta, é isto.

  2. marcelo santana

    BETO CADÊ MEU DINHEIRO QUE EU APGUEI EM ESGOSTO, CADê BETO JÁ QUE A SANEPAR GANHA PARA TRATAR O ESGOTO E NÃO TRATA E JOGA NO RIO.

  3. Zangado

    O promotor Sergio Cordoni é um dos valores do Parquet estadual, quando se convence de uma situação vai às consequências.

    Precisamos mais desse tipo de atitude dentro do Parquet estadual.

    Poderes compadrinhados, que se protegem e se beneficiam reciprocamente, não atendem os designios da sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>