Uma ideia sobre “PARA NUNCA ESQUECER

  1. Solda

    a vida passa assim:
    na metade
    já estamos no fim

    Este meu hai-kai (trovinha, segundo um Acadêmico do Rio Belém, quaxquáx!), o Polaco Leminski colocou no romance “Agora é que são elas”, dizendo ser em minha homenagem.
    Só ele e eu sabemos. Agora, vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>