9:46Para nunca esquecer a jogada de Lincoln

Há uma semana o meia Lincoln, do Coritiba, foi protagonista de um daqueles lances que só quem ama o futebol guarda para sempre na lembrança. O Coxa perdeu, sim, para o Botafogo do Rio por 3 a 2. A jogada (ver abaixo) não resultou em gol, pois o goleiro Renan fez uma defesa monumental, como diriam os locutores de antanho, mas… Esta pintura (outro termo), praticamente ignorada na cobertura dos jornais locais, menosprezada pelos idiotas da objetividade que tentaram diminuir sua beleza dizendo que o jogador “errou” o toque de letra porque tinha intenção de fazer o cruzamento para a grande área, bem, esta pintura foi lembrada pelo meu caro amigo Afonsinho, na coluna que escreve na CartaCapital. Ele não citou o nome do meia, errou sua posição, dizendo que foi um lateral do Coritiba, mas registrou o lance ao lado do maravilhoso gol de bicicleta que Alecsandro, um dos filhos do inesquecível Lela, fez para o Vasco contra  a Portuguesa. Em meio ao massacre de transmissões e à onda de especialistas que mais parecem matemáticos despejando números na cabeça dos torcedores, nota-se um total desprezo, por exemplo, por passes magistrais que resultam em gols simples; ou então, nos replays das transmissões na telinha, prioriza-se apenas os finalmente, quando, em muitos casos, as jogadas que antecedem a finalização são de uma plasticidade maravilhosa. Hoje, com toda tecnologia disponível, as televisões não chegam nem perto do que fazia o Canal 100 de Carlinhos Niemeyer e suas câmeras de 16mm. O menino Lincoln, em câmera lenta, fugindo da marcação pela esquerda do ataque Coxa, e improvisando o toque de letra na correria infernal, fazendo a bola subir e cair quase no ângulo esquerdo do gol adversário, Renan voando e se esticando para tirar a bola com as pontas dos dedos das duas mãos, como se fosse um gato… Impossível descrever. Vai ficar na lembrança. E aqui, o agradecimento do signatário.

http://mywebgossip.info/meia-lincoln-quase-faz-um-golaco-contra-o-botafogo-2/

2 ideias sobre “Para nunca esquecer a jogada de Lincoln

  1. Julio Soares

    Parabéns pelo reconhecimento e pronunciamento do lance, estamos precisando muito de reconhecimento por parte da midia (nacional e local) para ganharmos espaço igualitário.

    “O menino Lincoln, em câmera lenta, fugindo da marcação pela esquerda do ataque Coxa, e improvisando o toque de letra na correria infernal, fazendo a bola subir e cair quase no ângulo esquerdo do gol adversário, Renan voando e se esticando para tirar a bola com as pontas dos dedos das duas mãos, como se fosse um gato… Impossível descrever. Vai ficar na lembrança”

  2. helio lima

    nos torcedores coxa so temos que agradecer este jornalista pela lembrança de uma jogada linda coma aquela

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>