9:06Timão, Mengão e os craques em fim de carreira

por Sergio Brandão

Você saberia me dizer por que estes craques em fim de carreira sempre acabam no mesmo lugar Ronaldão, Ronaldinho, Adriano e agora Vagner Love não são jogadores que eu gostaria de ver no meu time, mas por que no Flamengo e no Corinthians eles sempre arrumam um cantinho para se encostar? Seria o grande segredo da paz que reina entre torcida e presidência? Uma contratação apenas de nome, a velha conversa do “pão e do circo ao povo”? O que mais intriga é que no caso do Adriano, por exemplo, todos sabem da encrenca que o cara é, inclusive o próprio Corinthians sabia. O nome do jogador frequenta mais o noticiário policial e social do que o esportivo - e ainda continua lá, treinando. Desde que chegou fez um gol, é verdade que foi um gol importante, mas foi só. Mais treina para recuperar a forma do que trabalha tecnicamente. No caso do Ronaldão até deu um retorno de marketing ao Corinthians. Ronaldo Gaúcho teve uns rompantes de bom futebol no Flamengo, mas também passa longe de retribuir com futebol o dinheiro que o clube gastou e ainda gasta com ele. Vagner Love já teve uma volta tumultuada no futebol carioca anos atrás e agora retorna. Se o argumento é o Campeonato Brasileiro conquistado pelo Corinthians, eu diria que o Adriano não fez muita força para isso. Aliás, de todo o grupo de jogadores, foi o que menos trabalhou. NoFlamengo, Ronaldinho conseguiu no máximo uma pré-libertadores e mesmo assim parece que fica no meio do caminho. Curiosamente o Flamengo ostenta hoje a maior dívida do futebol brasileiro. O Corinthians finalmente constrói seu estádio, mas graças a um (ex)-ilustre torcedor que abriu os caminhos. Assim caminha o futebol no Brasil, de mãos dadas com a política e com a irresponsabilidade de alguns dirigentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>