7:49A nova classe social

Na edição 40 do jornal Le Monde Diplomatique Brasil que está nas bancas, Waldir Quadros, professor colaborador do Instituto de Economia da UNICAMP e do Centro de Estudos Sindicais e Economia do Trabalho, e o sociólogo Jessé de Souza, debatem sobre a “nova classe social” alardeada na esteira do crescimento econômico e das transformações sociais no País. Através de dados, Quadros cita a “alta classe média”, “média classe média”, “baixa classe média”, “massa trabalhadora” e os “miseráveis” para esclarecer que “a nova classe média é estratificada e deve ser vista como uma representação social, e não uma informação de poder aquisitivo”. A conferir.

Uma ideia sobre “A nova classe social

  1. antonio carlos

    Concordo com o professor, porque durante a campanha eleitoral, somada à propaganda oficial, nos informaram que a classe média aumentou, que muitos milhões de brasileiros acenderam à classe média. E ficamos por isto mesmo, sou classe média e ponto final. A realidade da classe média, vista deste ponto-de-vista é puramente estatística e nada mais. ACarlos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>