12:53Do ministro para o governador: "Você não precisa ser mesquinho"

Além da nota oficial abaixo, o ministro Paulo Bernardo deu entrevistas às rádios Bandnews, CBN e Banda B por conta da traulitada desferida pelo governador Roberto Requião na Escola de Governo de hoje. Aqui, os melhores momentos:

“Não questiono o estilo do governador. É um problema pessoal dele. Mas o que não pode é faltar com a verdade, falsear fatos. Essa postura de usar a TV pública para resolver questões pessoais, atirando contra todo mundo e, o que é pior, faltando com a verdade, em vez de dialogar de forma institucional sobre os problemas do Paraná e buscar alternativas, só prejudica o Estado. Lamentavelmente, nós não temos esse debate no Paraná”. 

“O governador fala o que quer, não discuto estilo pessoal dele. Mas paga também pelos exageros. Há pouco, perdeu uma ação para o Scalco de quase R$ 70 mil. Requião deve ser um homem muito rico pra pagar uma indenização dessas sem problemas. Eu não teria como arcar com isso”.

“O Paraná jamais vai ganhar com esse tipo de postura. Só vai perder. Não vou entrar em bate-boca. Encontrei o Pessuti na praia, durante o feriado de carnaval, e disse pra ele, que vai assumir o governo daqui a alguns dias, que vamos trabalhar juntos, naquilo que é fundamental para o estado, vamos ajudar no que for preciso”.

“O Paraná teria maior volume de investimentos se tivesse empenho do governo do estado. Não se libera dinheiro sem projetos ou sem o cumprimento dos processos legais”

“Sempre me perguntam se acho que tudo é fruto do medo que o Requião tem da candidatura da Gleisi ao Senado. Não acredito! Requião não tem medo de nada. E outra: ele está dizendo que é candidato à Presidência da República. Então, não tem problema nenhum a Gleisi sair para disputar uma vaga de senadora”. 

“A Gleisi não vai disputar duas vagas. Só uma delas. Há duas vagas para o Senado. Ele (Requião) não precisa ser mesquinho”. 

“Vou analisar o conteúdo da fita. Ver direitinho o que ele falou e, se for o caso, tomar medidas judiciais também”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>