15:51Amar

amar
é como atravessar estações
do tempo,

ora se colhem as flores, o frio,
as cores berrantes,
restos de marrom e sépia,

amar
é como atravessar a noite
em claro,

ora se vê estrelas,
se aquece entre abraços
sente solidão e gelo,

amar
é como atravessar um dia
comum

ora se toma café,
trabalha, passeia,
volta para casa,

amar
é como fazer bordado
da eternidade
 
de Zeca Corrêa Leite

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>