9:51Inteligência suspeita

Roberto Requião, nobre governador do Estado, disse que a morte da estudante de 14 anos dentro de uma sala de aula de escola pública em Cascavel não é problema de segurança pública. Afirmou isso com a educação que lhe é peculiar, ao ser questionado por um repórter de rádio da cidade, segundo informa o repórter Luiz Carlos da Cruz, correspondente da Gazeta do Povo naquela cidade. “Veja bem a pergunta que você me fez. Eu até começo a suspeitar da sua inteligência. O que é que tem a ver a segurança pública com um acidente provocado por um garoto que pegou a arma do pai e disparou contra uma criança?”, disse o estadista. O garoto de 16 anos autor do disparo já tinha sido visto com arma no colégio. Estava sendo ameaçado pelos integrantes da mesma gangue que matou seu irmão, a tiros, na frente dele, no dia 21 de agosto. O revólver não era do pai, como informou o governador. O disparo foi, sim, acidental, mas os fatos que levaram à tragédia, se não forem questão de segurança pública, são de que?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>