17:45HORÓSCOPO

por Zé da Silva

Escorpião

Aprendeu que o normal é a loucura, o barato, a chapação total. Sempre foi, mas como saber? Os dois olhos, por exemplo, que lentes e que imagens para a tela da mente! Nunca entendeu porque nas telas dos cinemas e das tevês nunca viu as imagens dos lugares por onde passou e teve encantamento, como aquele lá para baixo de Florianópolis, depois das retas, das árvores, chegando na ponte, com barcos ao lado e, no fim da tarde, luzes, luzes a bailar sob o vento. Ou as curvas do Parnaíba no delta do Maranhão. Ou ainda aquela casa em Arempebe onde a folhinha com os santos da Umbanda combinavam com o casal dono da casa – e ele ganhou o búzio e a voz da mulher dizendo “um dia você vai voltar para ficar”. E na estrada que leva ao Arraial D’Ajuda, em Porto Seguro, o céu tinha tantas estrelas lá em cima e a escuridão era tão forte aqui embaixo quanto a energia que, no dia seguinte, no sol do meio-dia, ele sentiu naquela pessoa que passava ao lado – e achou que era parente do seu pai, por causa do mar verde dos olhos. Normal. Tudo. Tanto que agredece por acordar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>