16:28Requião apresenta proposta para alunos formados na Vizivali

Da Agência Estadual de Notícias:

O governador Roberto Requião apresentou a solução para os cerca de 35 mil estudantes que concluíram o curso normal superior, por meio do Instituto Educacional e Sistema de Ensino (Iesde) junto a Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu (Vizivali), e que não tiveram seus diplomas reconhecidos no final do curso. “O Instituto Federal do Paraná (IFPR) vai criar um curso que complementará as matérias que faltam para que seus diplomas possam ser validados”, explicou Requião na manhã desta quarta-feira (26).

Segundo Requião, o curso complementará a carga horária necessária, na modalidade de ensino à distância. “O Instituto vai criar um curso aberto, em que poderão ingressar os alunos da Vizivali, para complementar as matérias que faltam para poder validar os diplomas”, disse. O governador completou que a proposta foi acompanhada pelo ministro da Educação, Fernando Haddad.

Carlos Moreira, secretário-chefe de gabinete do governador e ex-reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), explicou que a solução se espelha no programa de ocupação de vagas ociosas (Provar), criado em sua gestão na UFPR, em 2003. “Essa experiência permitiu vislumbrar essa situação, pois esses professores fizeram o curso, merecem o diploma e a condição de estar atuando nas escolas”, disse. “Eles vão validar o que fizeram na outra instituição e receber o diploma pelo IFPR”, explicou.

Segundo Alípio Santos Leal Neto, reitor do IFPR, o curso deverá estar à disposição da comunidade até 2010. “Todos os paranaenses poderão fazer o curso Normal superior, por meio de teste seletivo”, contou. “Uma preocupação do governador é para que não haja custo para os professores que já gastaram, às vezes até o que não podiam, mas se esforçaram e foram lesados”, disse.

Estes professores deverão procurar o instituto e solicitar a inscrição e aproveitamento dos conteúdos em momento oportuno que será divulgado no site da instituição (www.ifpr.edu.br). As aulas serão ministradas de forma semipresencial nas telessalas do Instituto espalhadas pelo Estado .

PALMAS – Outra novidade apresentada por Requião é a compra, por parte do Governo do Estado, do imóvel da Universidade Católica de Palmas. “O governo federal assumirá a universidade com o apoio do Governo do Estado”, explicou. Segundo ele, após a aquisição, o governo Federal instalará imediatamente uma unidade do IFPR no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>