10:05Vídeo vai denunciar drama do fechamentos das creches

Recebemos de Roberto A. Silva, do Afseag-PR, a seguinte mensagem:

Governo lavou as mãos sobre as creches/pré-escolas do serviço público ?
Sem liberação da subvenção social, escolas fecham e deixam de pagar funcionários !

Considerando que até agora, o governo do estado silencia diante da dramáticasituação das creches/pré-escolas, os pais/mães e dirigentes reuniram-se e estão providenciando a elaboração de um VÍDEO, a fim de registrar para a
posteridade e denunciar o fechamento das escolas e a realidade, na qual foram deixadas as crianças e os funcionários das mesmas. Esse vídeo deverá ser lançado na segunda quinzena de agosto, através de grande coletiva com a imprensa, devendo ser divulgado amplamente.

O VIDEO SOBRE AS CRECHES/PRÉ-ESCOLAS, além de denunciar a dramática realidade, PRETENDE:

1 – sensibilizar o governo acerca da dramática situação das escolas e buscar solução para o problema;

2 – a abertura de negociação entre governo, entidades mantenedoras das escolas e secretarias/órgãos parceiros, visando manterem-se as creches/pré-escolas abertas, preservando-se as vagas existentes;

3 – liberação da subvenção social em caráter de urgência para as creches/pré-escolas, visando a quitação das contas atrasadas desde janeiro de 2009 (salários, encargos e rescisões trabalhistas – duas escolas, já
fechadas);

4 – instituição de Grupo de Trabalho entre governo, entidades mantenedoras e secretarias/órgãos parceiros, visando a reabertura das creches/pré-escolas fechadas.

” O que mais preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos,
dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o
silêncio dos bons. ” – Martin Luther King

Situação das creches/pré-escolas do serviço público

As creches/pré-escolas funcionam 12 horas por dia. A faixa etária de
atendimento é de 4 meses a 5 anos de idade, quando do ingresso no ensino
fundamental.

As crianças atendidas são filhos de servidores públicos, dos respectivos
órgãos parceiros e algumas já atendem pais da comunidade curitibana, pois
detém vagas para isso.

- CEI Castelo do Bosque -

O CEI Castelo do Bosque, fechou suas portas no final de julho. Era mantido com
a subvenção social do governo do Estado/ Secretaria de Estado da
Administração e previdência (SEAP) e com a participação dos pais/mães.

Agora, além da extinção das 70 vagas para as crianças, clientes da escola,
dos 13 empregos extintos, acumula dívidas relativas à rescisão dos contratos
com os funcionários. Todos os funcionários do CEI estão sem receber os
salários desde o mês de fevereiro de 2009.

O Centro de educação infantil até julho de 2009, localizado no Centro
Cívico, em Curitiba, atendia cerca de 40 crianças entre 4 meses e 5 anos de
idade.

- CEI Pequeno Rodoviário

Outra escola de educação infantil que já fechou as portas desde o final do
mês de junho, foi a o CEI Pequeno Rodoviário (SETR-DER), que também não tem
como pagar a rescisão contratual dos 10 funcionários, pois desde fevereiro
não recebe a subvenção social.

O Centro Educacional Infantil “Pequeno Rodoviário”, era mantido pela
Associação dos Pais e Funcionários da SETR/DER, há 21 anos prestava
serviços de educação básica, atividades pedagógicas, incluindo
alimentação a trinta e duas (32) crianças de 0 a 5 anos de idade.

As outras três escolas

O CEI Pequeno IAPAR, localizado em Londrina, também encaminha-se para o
fechamento de suas portas.

O CEI Arco Íris – SEAB luta e resiste, pois tem sede própria e tem 95
crianças para atender.

O CEI Espaço da Criança, segundo a Celepar deverá em dezembro de 2009, mas a
maioria dos pais são contrários à decisão e resistem à drástica medida.

Duas outras correm risco

Duas outras creches/pré-escolas podem estar na mesma situação: O CEI da
Universidade de Londrina (UEL) e o CEI da Universidade de Maringá (UEM).

Números do descaso com educação pré-escolar

São trezentas (300) crianças que ficarão SEM ESCOLAS ! São quinhentas (500)
as vagas em creches/pré-escolas que serão extintas. São em torno de cem (100)
educadores e trabalhadores que ficarão DESEMPREGADOS. São 5 instituições de
mais de 20 anos que chegam ao fim !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>