9:15RECORDAR É VIVER

correio-de-noticias

1984, redação do Correio de Notícias (r. Benjamim Constant)
Foto enviada por Dante Mendonça

Agachados: Júlio Covello, Claudio Seto (acima), Alberto Vianna, Pablito Pereira, Dante Mendonça e Tereza Martins. Em pé, da esquerda para direita: Luiz Antônio, Cícero Cattani, Nani, Gil Castelo Branco, seo Juck (pai do jornalista Luiz Augusto Juck e do músico Paulo Juck), Rachel Assis, Maurício Cavalcanti, Gomercindo Gogô, (?), João Evangelista Bumm, Vera Gomes, Mary Tortato, Luiz Cláudio Oliveira, Mussa José Assis, Álvaro Hilgert (filho do dono do jornal e hoje médico), Yeda , Renatinho Lima Torres, Paulino Viapiana e Chuniti kawamura.

Ausentes: Nelson Padrella, Nireu Teixeira, Wilson Bueno, Paulo Leminski, Fábio Campana, Renato Schaitza,Tato Taborda e o ilustrador Rogério Dias.

7 ideias sobre “RECORDAR É VIVER

  1. jeremias bueno

    Foi o melhor jornal que Curitiba já teve. Os melhores colunistas, a melhor diagramação, as melhores fotografias, a melhor pauta, os melhores chargistas.

    Teve duas fases fantásticas e não sei dizer qual foi a melhor: a fase da Amintas de Barros e, posteriormente, a fase da Benjamim Constant.

    Parabéns a todos que fizeram o Correio.

    Que um dia Curitiba venha a ter um jornal como ele. Os jornais atuais se prestam mais para esconder ou distorcer as notícias do que para divulgá-las.

  2. nelson padrella

    Também ausente: A besta aqui, que escrevia uma coluna de humor sadia e volta e meia ilustrada pelo Pancho.

  3. zebeto

    Corrigido, grande mestre Nelson Padrella. Desculpe a falha do Dante Mendonça, que enviou a foto e a identificação. Na época, o beque aqui vivia no mundo da bola escrevinhando para a Placar. Grande abraço. Saúde.

  4. Bia Moraes

    bela foto, grandes nomes, saudades. bola dentro zebeto! muita gente aí da foto não está mais no jornalismo diário. tive o prazer de trabalhar com alguns. o mauricio que dava risadonas e o apelido de boca-de-lajota, hehe. lobão hoje com cabelo e barba bem mais aparados. chuniti, mussa, alberto baiano. grande seto, saudades do japa. tanta gente boa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>