15:19Brasil perde 1 688 agências bancárias em 17 anos

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) informa:

Entre 1990 e 2007, foram fechadas 1.688 agências bancárias no país. De 19.996 agências, o número de estabelecimentos caiu 18.308. Com isso houve maior concentração bancária e aumento da população por agência. Além da redução do número de bancos e agências no país, o estudo mostra também que há banco estrangeiro cobrando pelo crédito no Brasil quase dez vezes mais que no país de origem. Com menos agências no território nacional, houve aumento das distâncias médias percorridas pelo usuário. O Distrito Federal é o local do Brasil com a melhor concentração de agências, ou seja, menor área média por agência bancária (uma agência a cada 18 km2), seguido do Rio de Janeiro (26 km2) e São Paulo (42 km2). Já os estados de Roraima (11.843 km2), Amazonas (10.594 km2) e Amapá (5.272 km2) registram as maiores dispersões.  Ou seja, em Roraima só se encontra um agência bancária, em média, a cada raio de 61 km; no Amazonas, 58 km; enquanto que em Brasília bastam 2,4 km ou 3,6 km em São Paulo.

Uma ideia sobre “Brasil perde 1 688 agências bancárias em 17 anos

  1. cezar

    Além dos juros extorsivos, não podemos nos esquecer das novas e absurdas TAXAS (devidamente aprovadas pelo banco central).

    TEM TAXA QUE AGIOTA TERIA VERGONHA DE COBRAR.

    O exemplo mais absurdo é a cobrança por saque:

    R$ 1,00 no caixa eletrônico
    R$ 2,00 no caixa convencional

    Mas em véspera de eleição duvido que o BACEN, o PROCON ou qualquer outro órgão público (que deveria nos defender) tome alguma providência que incomode os grandes financiadores das campanhas eleitorais, as intocáveis instituições financeiras (ver relatórios no sites do TSE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>