11:16Parente não é serpente

A Justiça Estadual negou um pedido de liminar do Ministério Público para que o prefeito de Curitiba, Beto Richa, demitisse os parentes que trabalham na Prefeitura em cargos comissionados. Na Prefeitura trabalham Fernanda Richa, mulher de Beto, que dirige a Fundação de Ação Social, e José Richa Filho, irmão do prefeito, que é secretário de Administração.  O juiz  Marcel Guimarães de Macedo, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, entende que, por não haver lei específica proibindo o nepotismo, não há motivo para as demissões. Quem deve comemorar também a decisão é o governador Roberto Requião e vários secretários, que também estão na mira do Ministério Público pelo mesmo motivo. Resumindo a história: parente não é serpente e pode faturar o capilé público.

Uma ideia sobre “Parente não é serpente

  1. Carlos

    Enquanto não é promulgada nenhuma lei contra o nepotismo, somos obrigados a ter notícias assim…
    Aliás, como anda o projeto de lei em trâmite na Assembléia??

  2. mariazinha

    é sempre bom lembrar que Fernanda Richa, como toda primeira-dama, não está “empregada” na prefeitura. Ela cumpre o que se espera da tal primeira-dama, que é assumir a assistência social do município.

  3. Edmond Dantes

    Ah! Esse Ministério Público. O Jornal Nacional de ontem foi divertidíssimo. Aparece um Promotor com cara de assustado, dando uma de policial, dizendo que as obras do MASP já estavam no Leste Europeu (bem colocada a foto do Inspetor Clouseau logo abaixo). Cinco minutos depois a apresentadora do Jornal informa, quase que em edição extra, que a Polícia acaba de recuperar as obras do MASP. Demonstrando tamanha “competência”, não é de se admirar pelo resultado da ação do Ministério Público mencionada neste tópico.

  4. jango

    Não há lei ? E os principíos que devem reger a administração pública, entre os quais o das moralidade e da impessoabilidade, insculpidos na Constituição Estadual, são palavras inúteis ? Reza o art. 27, com todas as letras:

    Art. 27. A Administração pública direta, indireta e fundacional, de qualquer dos Poderes do Estado e dos Municípios obedecerá aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, razoabilidade, eficiência, motivação, economicidade …

    O texto diz “obedecerá os princípios”. Se por um lado não há lei contra o nepotismo, por outro lado não se obedece os princípios constitucionais que obrigam a administração pública ?

  5. Vasconcelos

    Essa história de parentes vai longe…penso que os governates devem ter ao seu lado pessoas que confiem…de qualquer forma Zè, soube da última na Tv oficial…a turma do Pc do B foi banida de lá, o arranca rabo entre os paranistas no final de ano, pois fogo na relação…o caso é tão sério que compromete a aliança com o partido e com o Gomyde, um dos integrantes da tropa do bob requi, pra levar o pleito pro segundo turno. Os dois integrantes que trabalhavam na casa são candidatos a camara e a dupla era dada como certa pra emplacar cadeiras. agora é esperar pra saber se o PC do b rompe com o DUce.

  6. Ana Karenina

    As bravatas da Justiça brasileira valem mesmo é para pequenas cidades do interior. Lá, os da “toga” gostam de mostrar serviço.

    Carlos: o projeto anti-nepotismo deve estar parado nas mãos do caveleiro solitário Tadeu Veneri, o único deputado do Estado que põe a cara prá bater contra essa vergonha. Os outros deputados se fazem de mortos porque devem ter interesses tão escusos quanto esse – o de manter parentes no poder.

    Mariazinha: essa história de primeira-dama cuidando do “social” está demodê. Itamar Franco foi presidente e era divorciado. Rosane Collor nos deu um belo exemplo de safadeza, desviando dinheiro da LBA (que cuidava de crianças pobres) para promover festa para suas amigas. O cargo público, seja de que natureza for, deve ser ocupado pela competência. Além do mais, a primeira-dama deve receber um gordo salário como titular da FAS, não?

  7. Pé Vermelho

    Vem cá: E os juízes e promotores de diversas comarcas do Interior que mandaram ver em cima de alguns prefeitos? Em Barra do Jacaré parente também não pode? Só vale no dos pequenos. Como sempre?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>