13:04Baixada ferve no blog do Juca

A Baixada ferveu! Juca Kfouri postou em seu blog o seguinte texto publicado no site Futebol/PR: 

Vergonha na Arena

Arena da Copa ou da Idade Média?

CURITIBA – A Arena da Baixada é o estádio paranaense que compete para conseguir sediar jogos da Copa de 2014. Em apresentação aos fiscais da Fifa, no início deste mês, o Atlético a mostrou como um pedaço do paraíso. No entanto, se os mesmos fiscais estivessem no palco do clássico de domingo, teriam observado uma frestra do inferno. Pelo menos na área reservada ao Paraná Clube.

No local, todos os conceitos apregoados pela Fifa, para um estádio sediar jogos de uma Copa, foram jogados no lixo. A começar pela entrada dos tricolores na Arena. O acesso virou um corredor polonês, com torcedores sendo agredidos por seguranças particulares do Atlético e por policiais militares.

Além disso, o Estatuto do Torcedor foi rasgado. Por lei, 10% da capacidade do estádio deve ser destinada à torcida do time visitante. Com fitas e cordas, o Atlético demarcou um quadrilátero para fechar o cerco aos torcedores do Paraná, que não chegavam a mil presentes na Arena.

Dentro do estádio continuaram as transgressões ao fair play – filosofia difundida pela Fifa. Os tricolores não tiveram acesso aos banheiros da Arena. Foram instalados três banheiros químicos para os torcedores visitantes. Também lhes foi proibido acesso aos bares do estádio. Um quiosque para venda de bebidas substituiu a praça de alimentação.

A intimidação também acompanhou os tricolores enquanto eles estiveram na Arena. Policiais armados com revólveres – a Fifa recomenda uso de armamento apenas no entorno dos estádios – e seguranças monitorando a torcida visitante fizeram parte do espetáculo oferecido pelo Atlético aos rivais.

Não é de hoje que torcedores adversários enfrentam métodos medievais na Arena. Nas decisões estaduais de 2004 e 2005, os do Coritiba também tiveram problemas, assim como os do Paraná em duelos recentes. Da mesma forma, não se trata de um privilégio exclusivo do estádio do Atlético. Outras praças esportivas pelo Paraná e pelo país afora tratam mal seus visitantes. A diferença é que elas não são candidatas a sediar uma Copa. A Arena da Baixada é.

Uma ideia sobre “Baixada ferve no blog do Juca

  1. Humberto

    Esse texto é no mínimo tendêncioso e ridículo !!!

    Sobre os fatos ocorridos no jogo tem que ser exclarecido o seguinte:

    1) Sobre as supostas agressões sofridas por torcedores do time visitante, que segundo a matéria foram agredidos por policiais e seguranças do clube, por que nenhum jornal, rádio noticiou o fato? Foi feito alguma queixa, boletim de ocorrência? Ou vocês são igual a mulher de malandro, apanham e ficam quietos? Se esqueceram que no último clássico o repórter Cauê Miranda, foi vítima da truculência da PM?

    2) Sobre a porcetagem de ingressos destinados ao torcedor sendo de 10 % sobre a quantidade total; qual é a reclamação? o clube disponibilizou 2.600 ingressos, mas há de convir que não há tantas kombis na cidade, e o seu próprio presidente baseado em estudos anteriores viu que 700 ingressos seriam suficientes; então, logicamente, não deixaríamos os 1900 lugares disponiveis às moscas; e que se fossem vendidos ao preço mais baixo disponível daria em torno de R$ 38.000, o que há de convir é uma boa grana, e tenho certeza que dá para pagar o salário de uns 2 ou 3 atletas do seu time;

    3) com relação aos banheiros, e praça de alimentação, foi uma medida preventiva, visto que as torcidas visitantes costumam depredar e destruir estas depedências, como ocorreu na final do Paranaense de 2005; se a sua torcida e a dos verdinhos fossem torcedores sociáveis, que tivessem o minimo de educação, este tipo de fato não ocorreria.

    4) Quanto aos PMs estarem armados com revólveres, isto foge de nossa alçada; os policiais são deslocados para fazerem a segurança do evento; se vocês se sentiram intimadados, por que não fazem uma reclamação no Comando Geral da Polícia Militar? o Atlético-PR não tem nada a ver com isso; por acaso tinha algum segurança particular armado?

    5) Para finalizar, nossos seguranças monitoram a torcida visitante, pois ela não se comporta como pessoa e sim como animal, que insatisfeito com um revés de seu time quer destruir tudo que tem pela frente, e isso pode ocorrer em qualquer estádio, independentemente se ele é um estádio escolhido para sediar jogos de Copa do Mundo ou não, pois neste seu racíonio dá a entender que nos demais estádios o pau tem mais é que comer solto, que é terra de ninguém, que não existe regras; talvez você não saiba, mas vivemos numa sociedade com direitos e deveres que estão aí para serem cumpridos, e tenho certeza que nenhuma pessoa admite que destruam seu patrimônio que foi conseguido com grande esforço. Mas creio que seja dificil de se compreender, afinal o patrimônio de vocês se refere a um estádio construído em um terreno de uma autarquia federal (RFFSA) e a alguns poucos campos de várzea no Boqueirão.

  2. Jeremias, o bom

    Perguntar não ofende.
    Em qual jogo ou quais jogos, até hoje, o C. A. Paranaense cumpriu o Estatuto do Torcedor e cedeu 10% da capacidade do estádio à torcida da equipe visitante?

  3. Kreudei

    O Atlético faz mais do que a obrigação. Torcedores adversários quando vão à Arena simplesmente destroem o local destinado a eles. Os banheiros, viram realmente um lixo. A baderna toma conta dos corredores dos bares doloca, com diz o Juca. Bom, o torcedor atleticano mantém a postura e preserve o que é seu. Os outros, não estão nem aí….Para reverter esse quadro, somente aprisionando os visitantes.
    Esse é o meu Brasil, o seu Brasil, o nosso Brasil. Para garantir a ordem,”porrada” neles….é assim q funciona!

  4. Edmond Dantes

    Futebol é circo, puro circo para deixar o povão entretido. Como a fome deste povo se resume à fisiológica e ele se contenta com apenas pão, temos o pão e o circo fornecidos pela corrupta elite brasileira. Ops! Eu estava falando de Roma. Então desculpem-me. Quero dizer: corrupta elite romana.

  5. spertus

    Trata-se de material veiculado pelo famigerado site Futebolpr, de propriedade de um besta-fera que se apresenta em programas humorísticos como representante da torcida paranista (um dos doze). Evidentemente que carece de qualquer fundamento os reclamos lá constantes. Comportam-se como selvagens, agem como trogloditas e querem um tratamento “civilizado”.Chega de hipocrisia; para tais casos, independentemente da torcida que seja, rigor absoluto – filmagens dos idiotas, identificação e, finalmente, proibição de circulação nas proximidades dos estádios e/ou ingresso nos mesmos.
    Quanto o copia e cola do Sr.Juca, nada de estranho. Odeia descaradamente o Atlético e MCP, se igualando ao seu desafeto M.Neves. Tudo que puder usar contra – dane-se a ética – não terá dúvida em divulgar.

  6. Ricardo Jabur

    Não entendi. Ele mesmo, o Juca Kfouri, viu isso? Ele foi a Arena acompanhar um clássico paranaense? Em pleno domingo de clássico paulista?

    Meu Deus do Céu!! Curitiba está ficando cada dia mais importante. Deve ser por causa da transmissão via satélite da Educativa.

  7. RUIM, o jeremias

    Z’e Beto,

    Voce t’a querendo ir pro Blogol no lugar do Mauro Singer? Voce manda melhor na pol’itica que no futebol.

  8. Anderson

    O Juca “Kfuro” viajou na maionese dos 14 torcedores do Paraná que estavam na Arena. Sim, porque não são mais do que os 14 que fizeram a diferença entre o público da Arena, no domingo, e do Couto Pereira, no sábado.
    Juca, vá catar coquinho no Parque São Jorge (isso é que é estádio, né não?!)….

  9. zebeto

    Caro Jeremias, o RUIM: tenho cinco horas só de minuto de silêncio. Já vi bola de tudo quanto é formato, principalmente quadrada. Não quero o lugar de ninguém, nem o meu. E quem manda em política é político. Eu apenas olho. De longe. Para não ser contaminado. Abraços. Saúde.

  10. Luís

    Concordo com o dito pelo leitor Humberto, falam que o estádio não tem condições e que o clube não respeita o Estatuto do Torcedor. Ocorre que foi disponibilizado o espaço e o presidente deles por não acreditar em sua torcida adquiriu somente 700 ingressos.

    Soube que alguns “estudantes” tiveram dificuldades para entrar no estádio por não estarem portando o documento que comprova esta condição que dá direito ao meio ingresso. Neste ponto foi cumprida a lei, pois em todos os locais é cobrada a carteirinha na entrada. Além do que estas informações foram repassadas pela diretoria do CAP.

    Esquecem estes torcedores, que seu time também é mandante de jogos no confortável e exemplar estádio da Vila Capanema onde todos os requisitos do Estatuto são atendidos. Não falo das exigências da FIFA, pois seria exigir demais dos nossos vizinhos.

  11. RUIM, o jeremias

    Vou fazer meu primeiro minuto de silencio em casa, em desagravo à dura forma que você utilizou pra me responder. Informo-lhe que graças a Deus, sou detentor de boa saúde. Quanto aos abraços, por educação, retribuo. Chamo os demais leitores à me apoiarem neste desagravo ao Blogueiro que hoje, ao que parece, está um tanto nervoso. Os que pensam como eu, por favor escrevam. Continuo seu leitor, em consideração a um futuro pedido de desculpas de sua parte.

  12. zebeto

    Jeremias, o RUIM, quem está nervoso é você. Se te acalma um pedido de desculpas, aqui vai: me desculpe Jeremias, por você não ter entendido minha resposta. Saúde eu desejo a todas as pessoas a quem quero bem, principalmente os leitores deste blog, como você. No mais, vida que segue. Abraços.

  13. RUIM, o jeremias

    Obrigado Zé Beto, pedir desculpas é uma demonstração de grandeza. Embora meu nome seja RUIM, o jeremias(fui copiado pelo JEREMIAS, o bom), sou calmo e boa pessoa. Agradeço sua grandeza e estamos novamente de bem. Resolvido. Abraços e saúde.

  14. RUIM, o jeremias

    Apenas um adendo: “mandar bem em política” significa exercer bem seu trabalho em política. Trata-se de uma gíria, muito usada por pessoas de menor idade que voce e eu. Se você tiver filhos jovens pergunte a eles.

  15. Ricardo Jabur

    hehehe
    A discussão dos dois está ótima. Conversa do Bom Retiro. Nenhum dos dois entendeu nada do que o outro escreveu.

    Eu fico com o Jeremias, dessa vez, pra criar uma polêmica.
    Zé, meu camarada. Você precisa dar uma reciclada, conversar com um pessoal mais jovem. “Quem manda em política é político” foi de rachar.

  16. zebeto

    Ruim, o jeremias, e Ricardo Jabur: isso aqui está parecendo diálogo de surdos. Mas, tudo bem. Apenas para informar que o termo “mandar bem” não é tão novo assim e eu sei o que significa desde antes de Woodstock, ou Águas Claras, para ficar no grande festival de rock aqui da pátria amada. Também para explicar e encerrar este papo: quando escrevi que tinha cinco horas de minutos de silêncio, foi apenas para explicar o tempo de serviço que tenho como repórter esportivo; e que vi muita bola quadrada, significa também que assisti a dezenas de partidas onde só se jogou pedra, ou seja, porfias medíocres do esporte que consagrou Jacozinho. Abração aos dois. E saúde!

  17. Guilherme

    2) Sobre a porcetagem de ingressos destinados ao torcedor sendo de 10 % sobre a quantidade total; qual é a reclamação? o clube disponibilizou 2.600 ingressos, mas há de convir que não há tantas kombis na cidade, e o seu próprio presidente baseado em estudos anteriores viu que 700 ingressos seriam suficientes; então, logicamente, não deixaríamos os 1900 lugares disponiveis às moscas; e que se fossem vendidos ao preço mais baixo disponível daria em torno de R$ 38.000, o que há de convir é uma boa grana, e tenho certeza que dá para pagar o salário de uns 2 ou 3 atletas do seu time;

    não interessa quantos torcedores o paraná tem (algo em torno de 800.000 torcedores)
    DEVEM SER DISPONIBILIZADOS 10% DA CAPACIDADE DO ESTÁDIO PARA A TORCIDA VISITANTE
    quer dizer que se jogar Brasil x Myanmar vão ser disponibilizados 10 ingressos para a torcida de um país inteiro?
    38.000 também paga o salário de 2 ou 3 do atlético paranaense
    então olhe a realidade antes, clubista…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>