7:14Alerta paraguaio

Das barrancas do rio Paraguai, nosso correspondente internacional informa:

“Libertado da prisão no último final de semana, o general Lino Oviedo é festejado nas ruas de Assunção como candidato do seu partido (UNACE) à presidência do Paraguai, em 2008. Mas ele parece fazer parte de uma jogada do atual presidente Nicanor Frutos para detonar o bispo Fernando Lugo, que lidera as pesquisas naquele país. Se Oviedo e Lugo forem candidatos, o Partido Colorado, que faz e desfaz no poder há décadas, repete a dose e elege o seu candidato. A diplomacia brasileira se assusta tanto com Lugo como Oviedo. O primeiro porque quer rediscutir o Tratado de Itaipu, vendendo energia à Argentina, por exemplo. O segundo porque ninguém sabe o que ele faria sentado no Palácio Solano Lopez.
E ambos tem um perfil temido: são populoistas como  de Hugo Chavez.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>