7:39Petroleiros ao largo

Em novembro o conselho de administração daTranspetro, subsidiária da Petrobrás, vai aprovar o desenvolvimento de projetos para a construção de 48 navios petroleiros. A licitação direcionada apenas para o Brasil. Cada petroleiro deste significa 1.200 empregos diretos e 4.000 indiretos, ou seja, uma cidade inteira. Recentemente houve licitação para outros 42 navios. Os Estados mais ligados e com trânsito político dividiram o bolo. O Rio de Janeiro ficou com 12; o Rio Grande do Sul, 4; Pernambuco também pegou 4; Santa Catarina, nosso vizinho, 3. E o Paraná? Zero! Dinheiro, empresários dispostos e mão de obra não faltam. E então? Será que vão comer mosca de novo?

Uma ideia sobre “Petroleiros ao largo

  1. O Ruim, jeremias

    O Paraná sempre fica atras dos demais, pois faz jeito de que não precisa de nada e de que é auto suficiente. De que estão servindo os Ministros paranaenses e os amigos do Presidente como por exemplo, o Samek?

  2. O Ruim, jeremias

    li depois que escrevi e corrigo: Pra que esrão servindo os ministros paranaenses e os amigos do Presidente como, por exemplo, o Samek?
    Acrescento: a gente aqui come feijão e arrota camarão. Essa é a verdade.

  3. carlos

    Concordo com o Jeremias, o bom. Esse é um estado com crise de identidade, neurastênico. Culturalmente indigente. Politicamente acéfalo. Com um arrogância injustificável. A traição na política vem desde os tempos da sucessão do dr. Ney Braga, que fez o melhor governo do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>